• Carlos Henrique Silva

28º JANEIRO DE GRANDES ESPETÁCULOS VALORIZA A LINGUAGEM DO CIRCO

Festival retoma as apresentações presenciais e tem início nesta quarta-feira (12)

#teatro #espetaculo #Pernambuco #circo #música #janeiro

Cabaré Janeiro de Palhaças - VIOLETAS DA AURORA - Crédito: Alzyr


O primeiro mês de 2022 chega com clima de retomada e reencontro em Pernambuco, com a volta das apresentações presenciais do Janeiro de Grandes Espetáculos – Festival Internacional de Artes Cênicas e Música de Pernambuco, em sua 28ª edição. O evento, que já faz parte da agenda cultural do Estado, tem início na próxima quarta-feira (12), e segue até o dia 31 de janeiro, em 8 teatros do Recife, além de espaços culturais em Limoeiro e Caruaru, no Agreste.


A noite de abertura acontece no Teatro Santa Isabel, a partir das 20h desta quarta, e homenageará personalidades de contribuição marcante para a cultura pernambucana. Os nomes escolhidos foram: Quinteto Violado (Música); Maestro Duda (Música); Odília Nunes (Teatro); Hidalberto Monteiro da Silva, o Palhaço Caramelo (Circo), Chopelly (Artista trans); Karina Hoover e Dani Hoover (Produção cultural). A cerimônia será conduzida pela atriz e palhaça Enne Marx. Também acontecem na mesma noite os lançamentos de três livros: o e-book “27 Anos de Janeiro de Grandes Espetáculos”, trabalho realizado pela Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco (Apacepe); “Cidades Sensíveis”, de Newton Moreno, e “A Poética do Caleidoscópio”, de Sônia Bierbard.



Odília Nunes, Dani Hoover, Maestro Duda e Chopelly são algumas das personalidades homenageadas no 28º Janeiro de Grandes Espetáculos


Ao longo do mês, a programação conta com mais de 60 atrações, entre espetáculos locais, nacionais e internacionais de teatro, música, dança e circo, sendo esta última linguagem uma das novidades deste ano, além de exibição de filme, leituras dramáticas, lançamentos de livros, seminário e workshop. A programação completa pode ser conferida em www.janeirodegrandesespetaculos.com.


"As bases do festival seguem com o fortalecimento e estreitamento dos laços entre as artes e os artistas de outras cidades e países, assim como o fomento de discussões políticas, culturais e sociais. Oferecer ao público uma vasta agenda de diversão artística e cultural é fundamental na construção educacional e crítica da sociedade e também na amplitude das múltiplas leituras do mundo. Isso tudo implica na conscientização do respeito ao próximo, à diversidade e às diferenças humanas", afirma a equipe organizadora do evento.

O JGE é apresentado pela Prefeitura do Recife, por meio da Fundação de Cultura do Recife e Secretaria de Cultura, com o patrocínio da Copergás. A realização é da Apacepe, com produção geral da Paulo de Castro Produções, produção executiva da Fervo Projetos Culturais, Roda Cultural e Cordas Cênicas. Parceria Cia. de Eventos Lionarte, TV e Rádio Universitária e TV Pernambuco e apoio da CEPE, Sesc Pernambuco, RioMar Recife e Virtual Recife.


Protocolos de segurança


Dado o contexto da pandemia de Covid-19, diversos protocolos de segurança sanitária serão adotados para o acesso do público e profissionais participantes dos eventos do Janeiro de Grandes Espetáculos, sendo o principal a obrigatoriedade na apresentação do comprovante do ciclo vacinal completo contra a Covid-19 (de forma física, reproduzido no celular ou pelos aplicativos Conecte SUS Cidadão ou Conecta Recife). a entrada e permanência nos eventos, é obrigatório o uso de máscaras por todos os presentes.

25 visualizações0 comentário